Dia Nacional de Arrependimento da Igreja – Avivamento do Brasil

 

O atual cenário espiritual, político, social, econômico e familiar de nosso país é desalentador e digno de uma resposta urgente e vigorosa da Igreja de Cristo.

A Noiva ( Igreja ) está com as vestes manchadas. As manchas são os pecados. E os pecados da Igreja refletem na Nação. É hora de a Igreja vencer o pecado para receber vestes brancas.

O Senhor diz em sua Palavra: “Mas também tens em Sardes algumas poucas pessoas que não contaminaram suas vestes, e comigo andarão de branco; porquanto são dignas disso. O que vencer será vestido de vestes brancas, e de maneira nenhuma riscarei o seu nome do livro da vida; e confessarei o seu nome diante de meu Pai e diante dos seus anjos.” Apocalipse 3:4-5

Se realmente desejamos que a Justiça de Deus venha, que a família seja protegida, que o sistema político do país não nos leve para a total falência dos valores bíblicos devemos agir agora! E não só agora. Mas dar início a um real e potente mover Espiritual para alcançar um Avivamento que sarará o Brasil.

É tempo de intensificarmos nossas ações efetivas em busca do tão desejado e anunciado AVIVAMENTO DE NOSSA NAÇÃO.

A proposta é levantar um altar de adoração e oração até o dia 04 de Outubro (dia anterior às eleições gerais) com a máxima dedicação para que a Igreja se quebrante e no Dia Nacional se arrependa, confesse os pecados que estão manchando as vestes e os abandone definitivamente.

Este é um clamor para pastores, líderes, intercessores e todos os que desejam ver a mudança em nossa Nação para que se dediquem a orar de 06 (seis) a 12 (doze) horas por dia até 04 de Outubro.

No dia 03 (três) de outubro toda a Igreja Brasileira iniciará um jejum à base de água que será de 24 horas (iniciando às 19:00 horas do dia 03 (três) e terminando às 19:00 horas do dia 04 (quatro) de outubro próximo.

Das 07:00 horas do dia 04 de outubro até às 19:00 horas toda a Igreja Brasileira permanecerá em adoração e oração tendo como principais motivos o arrependimento e a confissão dos seguintes pecados da Igreja:

O amor ao dinheiro e a sujeição da Igreja a Mamon. (Mateus 6:24)

A falta de santidade, a imoralidade e a profanação do culto. (2ª. Coríntios 6:14-18 e 7:1

A desobediência em relação aos povos não alcançados (Mateus 28:18/20).

Cada Igreja ou cidade se organizará livremente para adorar e orar. Esta convocação não é uma iniciativa de uma denominação ou instituição mas uma direção do Espírito Santo para a Igreja.

No 2º. Livro de Crônicas, capítulo 7, versículos 13-15 a Palavra do Senhor diz: “Se eu fechar os céus, e não houver chuva; ou se ordenar aos gafanhotos que consumam a terra; ou se enviar a peste entre o meu povo; E se o meu povo, que se chama pelo meu nome, e humilhar, e orar, e buscar a minha face e se converter dos seus maus caminhos, então eu ouvirei dos céus, e perdoarei os seus pecados, e sararei a sua terra. Agora estarão abertos os meus olhos e atentos os meus ouvidos à oração deste lugar”. 2 Crônicas 7:13-15

É tempo do povo de Deus (Igreja) reconhecer os seus pecados, deles se arrepender e confessá-los para que o Avivamento venha e cure o Brasil.

Ass.: Os sete mil que não se dobraram à Baal.

—————

DIA NACIONAL DE ARREPENDIMENTO DA IGREJA EVANGÉLICA PARA O AVIVAMENTO DA NAÇÃO
contato@arrependimentonacional.com.br
https://www.facebook.com/DNAIgreja
http://www.arrependimentonacional.com.br/

—————

Edición: PactoNuevo – http://www.pactonuevo.org